Ex querendo voltar? 14 perguntas para fazer antes de aceitar

We sometimes include products we think are useful for our readers. If you buy through links on this page, we may earn a small commission. Read our affiliate disclosure.

Ok, se antes você tinha dúvidas se o seu relacionamento tinha volta, agora seu ex reapareceu dando diversos sinais de que quer tentar de novo. 

Por mais que você ainda esteja apaixonada e queira reatar o namoro, pense bastante antes de tomar uma atitude precipitada.

Como você sabe que ele quer voltar?

Você pode notar todos esses sinais do último artigo, mas ele falou abertamente e com todas as palavras que quer tentar de novo?

É importante que você tenha confiança na sua leitura dos fatos, e que não esteja deixando suas emoções interferirem na sua capacidade de interpretação.

Mesmo que ele tenha a intenção total de voltar, um milhão de coisas também podem mudar entre hoje e amanhã que podem influenciar sua decisão, situação ou sentimentos.

Quer dizer, não é normal que as pessoas sejam tão instáveis emocionalmente – e se esse for o caso, se afaste da situação. Mas é comum que momentos de término sejam tempos de grande instabilidade emocional, por isso, não descarte a possibilidade dele estar oscilando nas suas certezas.

Certifique-se da vontade dele com todas as letras, sendo você a pessoa direta, caso ele ainda não tenha sido explícito em suas intenções. E busque firmeza e segurança nas vontades dele: nada de voltar um namoro pra terminar novamente daqui a 1 semana, no primeiro conflito que surgir.

O que nos leva ao próximo ponto:

Como saber se devo voltar o namoro com meu ex?

Existem algumas perguntas que você deve fazer para o seu ex e para si mesmo antes de considerar voltar com ele. Ou, como eu prefiro pensar, começar um novo relacionamento com ele. 

Aqui estão as perguntas que eu faço quando aparece um ex querendo voltar:

1) Quanto tempo se passou desde o término?

Se vocês terminaram, algum motivo tiveram para isso. Quanto tempo vocês ficaram separados? Dias? Semanas? Meses? Anos? 

Seja lá quanto tempo tenha se passado, é importante que tenha sido o suficiente para superar o luto do relacionamento anterior. Caso vocês voltem a se relacionar agora, estarão começando um novo relacionamento, e não retomando aquele que acabou.

Dito isso, ninguém supera o fim de um relacionamento em apenas um final de semana ou em poucos dias que passamos sofrendo em cima da cama ao lado de um pote de sorvete ou um prato de brigadeiro.

Eu diria que o tempo mínimo para se superar um relacionamento são 28 dias (e o passo a passo você confere aqui).

Se faz pouco tempo desde que terminaram e já estão falando em reatar, considere esperar o tempo do ciclo anterior e marquem para conversar novamente após esse período.

2) Pessoa certa na hora errada?

Algumas pessoas dizem que não existe tempo errado para se estar com a pessoa que amamos. Se um cara quer estar com você, ele estará com você e ponto final.

Não concordo inteiramente.

A vida não é nem de longe perfeita. Ela tende a jogar coisas em cima de nós com as quais podemos não saber lidar imediatamente:

  • Obrigações familiares

  • Mudanças de carreira

  • Conflitos pessoais

  • Acidentes

  • Problemas de saúde física e mental

Você poderia passar por tudo isso enquanto está em um relacionamento?

Sem dúvidas. E muitas pessoas fazem.

Mas muitas também não dão conta.

Às vezes você precisa passar por um problema sozinho. Estar com alguém ao mesmo tempo é uma distração, um obstáculo, uma responsabilidade a mais na lista de obrigações com as quais você já está precisando lidar. 

Outras vezes você sente que está arrastando seu companheiro para o fundo do poço com você. E prefere libertá-los enquanto enfrenta seus demônios sozinho, voltando quando puder fazer o certo por eles.

E ninguém quer ser um peso para a pessoa que amamos né? Isso só piora a nossa situação.

Se seu amor não acredita que possa passar por um problema específico ao mesmo tempo em que continua em um relacionamento com você, ele pode até estar errado em pensar isso. E vice-versa.

Você poderia ser o melhor suporte que ele poderia ter e ainda ajudá-lo a superar esses problemas mais rapidamente, fortalecendo o relacionamento de vocês no processo.

Mas nada disso importa se ele (ou você) não acreditar nisso. As inseguranças e dúvidas irão assombrá-los, e isso os impedirá de dar o devido cuidado ao relacionamento. Além de ser mais uma fonte de angústia e tristeza para o casal.

De certa forma, acreditar que o momento está errado (ou ter dúvidas se é o momento certo) é exatamente o que torna o momento errado.

Então, se agora ele apareceu querendo voltar… se pergunte: o momento parece certo para vocês dois? Ou é só a carência e a dependência emocional que estão gritando alto demais?

É importante que vocês tenham certeza dessa resposta.

3) Como saber se é o momento certo?

Primeiro, reflita sobre o tempo que passaram separados. Vocês se deram tempo e espaço longe um do outro o suficiente?

Ninguém deve voltar a ficar junto por se sentir bombardeado e pressionado. Tirar algum tempo para ganhar perspectiva e desfrutar da solteirice é valioso. 

Você pode até acabar conhecendo alguém melhor, perceber que ele não é a pessoa com quem você quer estar, ou confirmar que realmente vale a pena construir uma nova relação ao lado do seu ex.

4) Você aproveitou a fase solteira?

Diferentemente do que pode parecer, “aproveitar” a fase solteira não quer dizer, necessariamente, ficar, se envolver ou se apaixonar por outras pessoas. O importante é que você tenha passado da fase do sofrimento e tenha conseguido ser feliz sozinha, sem ele.

Como foram suas tardes, seus dias, suas noites? Você viveu tempo suficiente longe do seu ex a ponto de se divertir sozinha, de aproveitar a própria companhia sem a sensação de estar faltando algo?

Eu sou contra superarmos um relacionamento nos envolvendo com outra pessoa na sequência – é importante curtirmos a solitude. Mas é preciso curtir. 

Isso pode incluir, eventualmente, outras pessoas ou não. Se você só passou tempo sofrendo, sentindo falta dele, não é uma boa hora de reatar esse relacionamento, porque você não parece ter completado o ritual de luto.

5) Você completou o ritual de luto?

Eu acredito muito no poder dos rituais e acho que existem passos essenciais que devemos completar após o término de um relacionamento. Voltar com ex sem ter superado o relacionamento anterior que vocês viveram juntos, é sinal de problema na certa.

Ninguém quer sofrer um monte por um relacionamento só para voltar a sofrer pela mesma coisa pouco tempo depois, certo? O esperado é que você nunca mais cometa o mesmo erro duas vezes, caso contrário você não está aprendendo nada, não está evoluindo.

Não volte com seu ex antes que ambos tenham completado o ciclo de encerramento do relacionamento anterior e estejam no mesmo barco novamente: escrevendo uma nova história, e começando com uma página em branco.

E aí entramos num ponto essencial:

6) Vocês se perdoaram?

Terminar um relacionamento normalmente envolve muita mágoa, decepção e rancor. É comum que você saia muito ferida desse processo, com muita raiva e tristeza por alguma quebra de confiança ou alguma atitude inquestionavelmente errada da parte dele.

Antes de considerar voltar com o seu ex, se pergunte se vocês já se perdoaram. Se a resposta for não para um dos dois, com certeza ainda não é o momento de voltar. 

Definitivamente essa mágoa irá ressurgir no novo relacionamento de vocês e o desfecho do namoro se repetirá, aumentando ainda mais os traumas e os sentimentos negativos causados entre vocês.

Trate todas as questões que precisam ser tratadas do relacionamento anterior antes de cogitar uma volta.

7) Você se curou?

Relacionamentos às vezes deixam traumas na nossa alma, verdadeiras feridas, que precisamos tratar. Ninguém deve começar um relacionamento cheio de feridas, porque elas sangrarão em cima dos nossos parceiros. 

E se o namoro for com o mesmo parceiro que causou as feridas em primeiro lugar, as chances de sangramento são ainda maiores!

Cuide de você, trate todos os seus machucados e só depois cogite se relacionar com qualquer pessoa que seja!

8) Vocês resolveram os problemas que levaram ao término?

Essa pergunta é óbvia, mas às vezes precisamos falar o óbvio. Se vocês terminaram porque ele tem problema de confiança, não adianta voltar se isso não tiver resolvido. Ele entrou no psicólogo? Tratou da depressão?

Qual foi o motivo que causou o término de vocês? Algumas vezes, isso não fica muito claro para os dois. Casais terminam após uma discussão que saiu do controle, um mal entendido gerado por falha de comunicação… 

É importante que vocês se sentem para conversar e mostrem um para o outro que ambos entenderam exatamente o motivo que causou o término de vocês, e que eles já foram resolvidos. 

Aí podemos tratar de outras questões:

9) O sexo ainda é gostoso?

Essa pergunta é fundamental. Eu vivi um término recentemente que me magoou profundamente, mas algumas semanas depois já estávamos conversando sobre reatar o namoro.

Nós dois nos sentíamos preparados, tínhamos nos perdoado e estávamos curados de toda a tristeza causada pelo término: o ritual de luto havia sido completado com maestria pelos dois!

No entanto, por mais que ainda nos amássemos, o sexo não era mais legal. Perdemos a química totalmente, porque nossa confiança tinha sido abalada nesse processo e precisava ser reconstruída do zero, o que leva tempo!

Se a química entre vocês tiver sumido, busque resolver isso (se tiver solução) antes de voltar com seu ex, já que isso com certeza será um problema mais adiante.

10) Vocês são amigos?

Antes de pensar em namoro, pense em amizade. Durante o término, vocês desenvolveram uma amizade? Ou cortaram totalmente o contato e agora querem voltar com status de relacionamento oficial?

Acho muito importante que uma amizade seja estabelecida antes de qualquer coisa, porque isso demanda confiança e outros valores que são essenciais em um namoro. 

Se você não consegue ser amiga do seu ex, por que pensa em tê-lo como namorado de novo? Se vocês tinham combinado uma distância saudável após o término (o que é esperado) e agora estão falando em voltar, por que não combinam de estabelecer uma amizade antes?

11) Como está sua autoestima?

Autoestimas são destruídas em términos de relacionamento. 

É natural que a sua tenha dado uma abalada considerável, mas é indispensável que ela já tenha se fortalecido se você estiver considerando reatar o namoro. Não é possível sustentar um relacionamento saudável quando não estamos felizes e satisfeitas com nós mesmas.

Esse ponto sozinho é o suficiente para você não voltar com ele, se a sua resposta não for um confiante “sim, minha autoestima anda muito bem, obrigada”. Para fortalecer sua autoestima, confira minhas dicas essenciais nesse artigo aqui.

12) …E a autoestima dele?

É muito frustrante, eu sei. Mas não adianta você ter a melhor autoestima do mundo se a autoestima do seu ex estiver destruída. Normalmente esse é um problema nas minhas relações: eu sou a rainha do amor próprio e me apaixono por alguém que se sente horrível consigo mesmo.

Não tem o que fazer, não tem solução. Pessoas machucadas, machucam os outros. Pessoas que não se amam, não sabem amar. Ele nunca vai te oferecer o amor que você merece, se ele não souber amar a si mesmo antes de tudo.

Jamais considere um relacionamento com alguém que não esteja com a autoestima em dia.

13) Vocês já estão longe “tempo demais”?

Se ele saiu fora por estar em um momento ruim, realmente depende só dele julgar quanto tempo fora dessa relação será necessário para ele. Isso te deixa numa posição passiva, de espera: E é normal que você se pergunte “Quando ele voltará para mim? Quanto tempo devo esperar por ele?”

Mas ele não pode esperar que você pause sua vida por ele. Um cara que realmente te ama não gostaria que você fizesse isso de qualquer maneira.

Meu conselho é não especificamente “esperar por ele”, mas deixar as coisas seguirem seu curso natural.

Se agora ele reapareceu completamente despreparado para uma volta, apenas por achar que já passou “tempo demais”, ou você o procurou por esse mesmo motivo, reconsidere essa postura.

Você pode estar aberta a uma reconciliação, desde que suas circunstâncias o permitam, sem se precipitar.

Não existe isso de “tempo demais” e talvez você deva se perguntar também se…

14) Vocês querem voltar pelos motivos certos?

Pense nestas questões importantes:

  • O que estou procurando em um relacionamento? Ele é capaz de ser essa pessoa para mim?
  • O que foi que me atraiu tanto nele?
  • De que maneira contribuí para nossos problemas e como posso corrigi-lo antes do meu próximo relacionamento (com quem quer que seja)?

Certifique-se de não deixar etapas ou decisões importantes da sua vida pausadas por ele e nem fique obcecada com a ideia de voltarem a ficar juntos.

Ex voltam depois de anos?

Os ex voltam mesmo depois de anos separados? Sim, eles fazem! Ex voltam a qualquer momento, por várias razões boas e ruins:

  • Vocês se reconectam quando estão solteiros e percebem que é conveniente voltar ao invés em vez de ficarem sozinhos

  • Vocês se reconectam quando se tornam pessoas que podem ser felizes juntas

  • Vocês percebem após outras experiências vividas que são a pessoa certa um para o outro

Sempre há uma chance, por menor que seja, de duas pessoas voltarem a ficar juntas.

Mas você nunca deve colocar sua vida em espera na chance de alguém voltar para você anos no futuro. Por mais romântico que pareça nas novelas, essa é a sua vida.

Ah, e claro, considere sempre o seguinte:

Sinais de que ele está voltando pelas razões erradas

Você não deve querer que ele volte a todo custo. Se você fizer isso, então você precisa mais desse término do que ele.

Fique atento a estes sinais de que ele está voltando pelos motivos errados:

  • Ele não se esforça para superar problemas anteriores

  • Ele não se comunica direito, não

  • Ele usa comportamento passivo agressivo ou sentimento de culpa para te manipular

  • Ele não te trata com respeito

  • Ele foi dispensado por outra pessoa recentemente

Se um ex voltar e você perceber esses sinais reveladores, corra para as colinas o mais depressa possível!

Lembre-se, ele não é sua única esperança para um relacionamento feliz.

Pergunte a si mesmo quais qualidades ele tinha que a tornaram tão apegada. Quebre sua conexão com seu ex e concentre-se em conhecer pessoas que tenham essas mesmas qualidades.